23/10/2016

ZAMBÉZIA - 1893/94 - D. Carlos I (Neto) 200 réis denteado 11½


As notas adicionadas a uma descrição de um lote em leilão, como aquela mostrada pelo amigo Fernando no post sobre o selo do Cent. Fundação da Faculdade de Letras, podem realmente induzir o potencial comprador a confiar nalgo que é indemonstrável.

Aconteceu também com este selo da Zambézia com o raro (se é que existe) denteado 11½ vendido num leilão Pdias e com uma nota muito estranha:


O leiloeiro garante que apesar de redenteado, o denteado do selo foi sempre 11½. Quem comprou o selo por € 160 evidentemente acreditou apesar de ser claro que todos os lados foram redenteados tornando impossível identificar o picotado original.

Comparação entre o selo do leilão e um outro selo de 200 réis (com cores oportunamente modificadas) denteado 12½.

Há registo de mais 2 selos vendidos em leilões PDias.






Sem comentários:

Publicar um comentário