21/11/2016

PORTUGAL – 1928 – 1929 – Ceres, com sobretaxa (7)


Encontra-se à venda na eBay o selo ceres sobretaxado, do 15C s/ 20C, castanho, denteado 12 x 11 ½.

 

Atendendo aos carateres tipográficos e sua posição, o selo apresenta uma sobretaxa falsa. É, para mim, o selo com a sobretaxa mais falsificada da série dos selos ceres sobretaxados.

O selo do 15C s/ 20C, castanho, é na série, o selo que apresenta a menor tiragem: 10800 exemplares. 60 folhas de 180 selos. Talvez por isso alvo apetecível das falsificações.

Este tipo de selos aparecem à venda em qualquer lado e com muita frequência.

 
Para análise observe-se um bloco de catorze selos:
 
Sobretaxas autênticas
 
Mais pormenorizadamente observe-se a posição dos carateres tipográficos numa tira de três selos:
 

Sobretaxas autênticas

Agora o selo em questão:


 
Os algarismos 15 e a letra C., em relação às barras, encontram-se deslocados à esquerda. O algarismo 1 encontra-se inclinado à direita e é diferente. Em imagem ampliada, os carateres tipográficos aparentam ter cercadura. É um dos muitos tipos de sobrecarga que aparece nestes selos.
 
Agora veja-se a análise a outros três exemplares, meus, com sobretaxa falsa, confrontando-os com uma das sobretaxas do bloco de catorze selos.
Selo nº.1
 

 
A imagem superior pertence a um dos selos do bloco. A imagem inferior pertence ao selo nº.1.
 
A tintagem original - imagem superior - apresenta um granitado homogéneo, de aspeto áspero, às vezes com pequeníssimas falhas de impressão. Os carateres por si impressos não apresentam cercadura.

A tintagem falsa – imagem inferior – não é granitada, tendo um aspeto mais liso e os carateres tipográficos apresentam cercadura. O algarismo 1 é ligeiramente diferente e encontra-se levemente inclinado à direita, tal como no selo inicial.

Segundo selo com sobretaxa falsa para observação, tendo como referência a sobretaxa autêntica:

Selo nº.2
 
 
 
Na imagem inferior, correspondente ao selo nº.2, verifica-se que a tinta que imprimiu a sobretaxa é praticamente lisa, diluída e muito mais escura. O algarismo 1 é diferente.

Terceiro selo com sobretaxa falsa para observação, tendo como referência a sobretaxa autêntica:

Selo nº.3
 
 

Novamente, na imagem inferior, correspondente ao selo nº.3, verifica-se, para além da sobretaxa inclinada, que a tinta que a imprimiu é negra, lisa e os algarismos são diferentes.

Muitas das sobretaxas são muito bem aplicadas e algumas de difícil deteção. Apenas uma observação cuidada consegue fazer uma separação. Note-se que em muitas das sobretaxas falsas, a posição dos carateres tipográficos não se encontram no seu verdadeiro alinhamento entre si e a tinta utilizada é diferente.

 

Sem comentários:

Publicar um comentário